Conselho, Diretoria e Comitê
Diminuir Fonte Aumentar Fonte VoltarVoltar ImprimirImprimir EmailEmail PDF DownloadDownload Compartilhe

A administração do Grupo EBX é feita pelos melhores profissionais do mercado. São pessoas apaixonadas pelo que fazem, com vocação para o crescimento e para a inovação. Apostamos no talento e valorizamos a experiência.  


 

Conselho de Administração

O Conselho de Administração da MMX Mineração e Metálicos S.A. (“MMX” ou “Companhia”) é composto de, no mínimo, 05 (cinco) e no máximo 11 (onze) membros, acionistas ou não da Companhia, eleitos e destituíveis pela Assembleia Geral, com mandato unificado de 1 (um) ano, permitida a reeleição. Atualmente, o Conselho de Administração da Companhia é composto por 6 membros. A Companhia faz parte do Novo Mercado, segmento de listagem da B3 que representa o mais alto grau de exigência em termos de Governança Corporativa, devendo seu Conselho de Administração ser, portanto, composto por no mínimo 20% de Conselheiros Independentes, os quais atendem aos requisitos de independência definidos no Regulamento do Novo Mercado.

Dentre outras atribuições, cabe ao Conselho de Administração:

Estabelecer os objetivos, a política e a orientação geral dos negócios da Companhia;

•    Estabelecer os objetivos, a política e a orientação geral dos negócios da Companhia;
•    Nomear e destituir os Diretores da Companhia, fixando-lhes atribuições;
•    Fiscalizar a gestão dos Diretores;
•    Manifestar-se previamente sobre o Relatório da Administração, as contas da Diretoria e as demonstrações financeiras do exercício; manifestar-se previamente sobre o Relatório da Administração, as contas da Diretoria e as demonstrações financeiras do exercício;
•    Manifestar-se a respeito de qualquer oferta pública de aquisição de ações que tenha por objeto as ações de emissão da Companhia, por meio de parecer prévio fundamentado, divulgado em até 15 (quinze) dias da publicação do edital da oferta pública de aquisição de ações.


Como previsto na Política de Governança Corporativa da Companhia, o Conselho de Administração deve, ainda, zelar pelas transações que envolvam partes relacionadas.

A MMX Mineração e Metálicos S.A. reconhece o valor das boas práticas de Governança Corporativa e se empenha, constantemente, em aprimorá-las, atuando ativamente na realização de reuniões com investidores, manutenção de discussões junto aos seus stakeholders, incentivo à participação de seus acionistas nas Assembleias Gerais e implantação em seus empreendimentos das mais avançadas técnicas de desenvolvimento sustentável.

Conselheiro de Administração Cargo
Pedro de Moraes BorbaEike Fuhrken Batista Presidente do Conselho

Pedro de Moraes Borba é graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Estado do Rio de Janeiro e Pós Graduado em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas/RJ. Ocupa o cargo de Diretor Jurídico da EBX Holding Ltda. Trabalha no Grupo EBX há 13 anos, atuando em diversos assuntos ligados à área de infraestrutura, notadamente na área de logística e mineração. Ocupa também o cargo de conselheiro de administração nas companhias EBX Brasil S.A. e Centennial Asset Participações Açu S.A., ambas do Grupo EBX. Pedro de Moraes Borba declara, para todos os fins de direito, que, nos últimos 5 anos, não esteve sujeito aos efeitos de nenhuma condenação transitada em julgado, seja criminal, condenação ou aplicação de pena em processo administrativo perante a CVM, e nenhuma condenação transitada em julgado na esfera judicial ou administrativa, que tivesse por efeito a suspensão ou inabilitação para prática de qualquer atividade profissional ou comercial.

Julio Alfredo Klein Junior Membro do Conselho

Júlio Alfredo Klein Junior é graduado em Ciências Contábeis pela Faculdade Moraes Junior do Instituto Brasileiro de Contabilidade e pós-graduado em Contabilidade Gerencial pela Fundação Getúlio Vargas em 1988. Atualmente, faz parte do Conselho de Administração da OSX Brasil S.A. – Em Recuperação Judicial (“OSX”) (desde 2013) e Óleo e Gás Participações S.A. – Em Recuperação Judicial (desde 2013). Atuou, ainda, como membro do Comitê de Auditoria da OSX desde sua criação em 2010 até 2013. Sua formação na Petrobras inclui o Curso de Preparação para Auditores Internos em 1984. Atuou na Petrobras onde chefiou a Divisão de Contabilidade de Custos e a Divisão de Normas e Controle Interno. Atuou como conselheiro fiscal, indicado pela Gaspetro, na Companhia Potiguar de Gás - Potigas (2003 a 2008) e na Companhia de Gás da Bahia – Bahiagas (2002 a 2003). Foi liquidante da Indústria Carboquímica Catarinense – ICC, designado pela Gaspetro (2002 a 2008). Presidiu o conselho fiscal da Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros, indicado pela Petrobras (1994-1998). Foi professor titular da cadeira de Contabilidade Industrial na Faculdade Moraes Junior.

Ricardo Furquim Werneck Guimarães Membro do Conselho

Ricardo Furquim Werneck Guimarães é graduado em Economia pela Universidade Federal do Espírito Santo com pós-graduação em Negócios Internacionais pela Fundação Getúlio Vargas. É Diretor sem designação específica da MMX Mineração e Metálicos S.A., desde abril de 2013, responsável pela área comercial e operacional da Companhia. Possui mais de 15 anos de experiência na área comercial de mineração e de siderurgia, tendo conduzido o lançamento da MMX no mercado transoceânico de minério de ferro em 2006 onde permaneceu até 2008, quando foi transferido para Anglo American, fruto da venda dos ativos Minas-Rio e Amapá. Durante sua carreira, atuou em diversas funções comerciais em empresas como Vale, Nova Era Silicon, Companhia Siderúrgica Tubarão e Anglo American. Retornou ao Grupo EBX em 2012, ocupando a posição de Gerente de Planejamento Estratégico da Prumo Logística S.A. (anteriormente designada como LLX Logística S.A.). 

Maria Carolina Catarina Silva e Gedeon Membro do Conselho

Maria Carolina Catarina Silva e Gedeon atuou como advogada sênior no escritório de advocacia Basilio Advogados, bem como foi sócia dos escritórios de advocacia Carlos Mafra de Laet Advogados, Elcio Reis e Advogados Associados e Viseu Advogados. Maria Carolina ocupou ainda a posição de Diretora de Compliance e Risco da Mare Investimentos Ltda., na qual é co-gestora de 2 Fundos de Investimento em Participações com a Mantiq Investimentos.

Flavia Soeiro Nascimento Membro do Conselho

Flávia Soeiro do Nascimento é formada em direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e pós-graduada em direito civil pela Universidade Cândido Mendes. Possui 3 anos de experiência em empresa do varejo têxtil, como head do departamento jurídico. Nos 17 anos anteriores, acumulou experiência profissional em grandes escritórios de advocacia nas áreas de contencioso e consultivo cível e trabalhista.

 

 

Diretoria Executiva

Os Diretores da MMX Mineração e Metálicos S.A. são os seus representantes legais, responsáveis, principalmente, pela administração cotidiana da Companhia e pela implementação das políticas e diretrizes gerais estabelecidas pelo Conselho de Administração. De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, os diretores da Companhia devem ser residentes no país, podendo ser acionista ou não. Além disso, até, no máximo, um terço dos membros do Conselho de Administração poderão ocupar cargo na Diretoria.

Os Diretores são eleitos pelo Conselho de Administração da Companhia com mandato de um ano, sendo permitida a reeleição. O Estatuto Social da Companhia estabelece que sua diretoria seja composta de, no mínimo, 2 (dois) e, no máximo, 8 (oito) membros, dos quais deverão ser designados um Diretor Presidente e um Diretor de Relações com Investidores. Os demais serão designados Diretores sem designação específica. Atualmente, a diretoria da MMX Mineração e Metálicos S.A. é composta de 2 (dois) membros.

De acordo com o Regulamento do Novo Mercado, os diretores deverão subscrever, previamente à sua investidura no cargo, Termo de Anuência dos administradores ao Regulamento do Novo Mercado e às regras da Câmara de Arbitragem da BM&FBOVESPA.

Os atuais membros da Diretoria são:
 

Diretores Cargo
Pedro de Moraes Borba Diretor-Presidente e Diretor de Relações com Investidores

Pedro de Moraes Borba é graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Estado do Rio de Janeiro e Pós Graduado em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas/RJ. Ocupa o cargo de Diretor Jurídico da EBX Holding Ltda. Trabalha no Grupo EBX há 13 anos, atuando em diversos assuntos ligados à área de infraestrutura, notadamente na área de logística e mineração. Ocupa também o cargo de conselheiro de administração nas companhias EBX Brasil S.A. e Centennial Asset Participações Açu S.A., ambas do Grupo EBX. Pedro de Moraes Borba declara, para todos os fins de direito, que, nos últimos 5 anos, não esteve sujeito aos efeitos de nenhuma condenação transitada em julgado, seja criminal, condenação ou aplicação de pena em processo administrativo perante a CVM, e nenhuma condenação transitada em julgado na esfera judicial ou administrativa, que tivesse por efeito a suspensão ou inabilitação para prática de qualquer atividade profissional ou comercial.

 
Regina Maria Arrigoni Urzedo Rocha Diretora sem designação específica

Graduada em Ciências Sociais e Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, com pós-graduação (LLM) em Direito Marítimo pela University College London. Passou a integrar o Grupo EBX em 2007, tendo ingressado na empresa de navegação NVX, na qual permaneceu até o final de 2008, quando foi transferida para o Departamento Jurídico da MMX.

 

 

Comitê de Auditoria

A Lei das Sociedades por Ações faculta às companhias a criação de órgãos complementares à Diretoria e ao Conselho de Administração, com funções técnicas destinadas ao melhor aconselhamento dos administradores.

O Comitê de Auditoria tem como objetivo assessorar o Conselho de Administração no desempenho de suas atividades relacionadas ao acompanhamento das práticas contábeis adotadas na elaboração das demonstrações financeiras da Companhia e de suas controladas e, ainda, na indicação e avaliação da efetividade da auditoria independente.
O Comitê de Auditoria da Companhia é subordinado ao Conselho de Administração, atuando com independência com relação à Diretoria da Companhia, sendo composto por 2 (dois) membros com mandato unificado de 1 (um) ano, permitida a reeleição. Os membros são nomeados e destituídos pelo Conselho de Administração e entre eles o Conselho nomeia um representante, que é responsável por presidir e coordenar o comitê.

No momento, o Comitê de Auditoria da Companhia não se encontra instalado.

Conselho Fiscal

De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, o Conselho Fiscal é um órgão societário independente da administração e dos auditores externos e que pode funcionar tanto de forma permanente quanto de forma não permanente. A Companhia prevê em seu Estatuto Social o funcionamento do Conselho Fiscal em caráter não permanente, podendo ser instalado a pedido de acionistas, nos termos da legislação aplicável.

Quando instalado, competirá ao Conselho Fiscal as atribuições previstas na regulamentação aplicável, permanecendo em funcionamento até a primeira assembleia geral ordinária após a sua instalação. As principais responsabilidades do Conselho Fiscal consistem em fiscalizar as atividades da administração, rever as demonstrações financeiras da companhia e reportar suas conclusões aos acionistas. De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, o Conselho Fiscal deve ser composto por, no mínimo, três e, no máximo, cinco membros efetivos e igual número de suplentes.

No momento, o Conselho Fiscal da Companhia não se encontra instalado.

 

Fale com RI
Fale com a MMX e tire suas dúvidas ou envie sugestões. Clique aqui
Alertas RI
Receba alertas da MMX e mantenha-se informado.
Copyright © 2010 MMX
Todos os direitos reservados
Política de Privacidade | Termos de Uso
RIWeb